sexta-feira, 22 de maio de 2009

Sujeito Ecológico



Ecológico -> vem da palavra Ecologia, onde:

ECO= grego "OIKOS" que significa casa, domicílio, habitat

No Aurélio: "Ecologia é a parte da Biologia que estuda as relações entre os seres vivos, e o ambiente em que vivem. Bem como suas recíprocas influências"

------------
Existem dois termos para se fazer referência ao espaço de uma escola: espaço e ambiente. Onde, o termo espaço refere-se “ao espaço físico, ou seja, aos locais para atividade caracterizados pelos objetos, pelos materiais didáticos, pelo mobiliário e pela decoração” e o termo ambiente diz respeito “ao conjunto do espaço físico e às relações que se estabelecem no mesmo (os afetos, as relações interpessoais entre as crianças, entre crianças e adultos, entre crianças e sociedade em seu conjunto”. (Zabalza)

Aproveitando o conceito de espaço e ambiente utilizado por Lina Forneiro, no livro de Zabalza. Tomaremos como conceito de ambiente, não só a estrutura física de nosso planeta, mas também a nossa interação com ele. Vamos pensar.... De que forma tem acontecido essa interação entre seres vivos e ambiente?

“Tal como os outros seres vivos com quem compartilhamos a mesma casa, o planeta Terra, fomos criados com as mesmas partículas ínfimas e com as mesmas combinações de matérias e energias que movem a Vida e os astros do Universo. Algo que, como o vento, sustenta o vôo dos pássaros, em outra dimensão da existência impele o vôo de nossas idéias, isto é, dos nossos afetos tornados os nossos pensamentos. Não somos intrusos no Mundo ou uma fração da Natureza rebelde a ela. Somos a própria, múltipla e infinita experiência do mundo natural realizada como uma forma especial de Vida: a vida humana. (Carlos Brandão, 2002, p.17)

Temos interagido com nosso ambiente de uma forma CONSCIENTE ou INCONSCIENTE?

O sujeito ecológico é consciente de sua atuação no planeta, tem visão crítica e opta por uma vida cheia de valores.


“É um jeito ecológico de ser, um novo estilo de vida, com modos próprios de pensar o mundo e, principalmente, de pensar a si mesmo e as relações com os outros neste mundo”.
(Isabel Carvalho,2004)


A Construção do Sujeito Ecológico ocorre em dois níveis:


•Privada e Individual
Marcas singulares na formação do indivíduo: posturas, ideais, crenças, valores, decisões etc.

•Pública e Coletiva
Crenças e valores compartilhados na dimensão cultural que vão constituir a experiência histórica e coletiva dos grupos e populações.

Perfil do Sujeito Ecológico:

“Postura ética de crítica à ordem social vigente que se caracteriza pela produtividade material baseada na exploração ilimitada dos bens ambientais, bem como na manutenção da desigualdade e da exclusão social e ambiental” (Isabel Carvalho, 2004)


“ A existência de um Sujeito Ecológico põe em evidência não apenas um modo individual de ser, mas sobretudo, a possibilidade de um mundo transformado, compatível com esse ideal. Fomenta esperanças de viver melhor, de felicidade, de justiça e bem-estar. Assim, além de servir de fonte de identificação para os ativistas e ecologistas, mobiliza sensibilidades que podem ser experienciadas por muitos segmentos de nossa sociedade”. (Isabel Carvalho, 2004)

Que tal parar para pensar em como anda nossas relações com o planeta?

Leia: Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. Isabel Cristina de Moura Carvalho ed. Cortez

Um comentário:

  1. Oi, Amiga!! Tem um presentinho para você no meu cantinho... bjos[

    ResponderExcluir